Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE celebra 41 anos 

Hoje, (10) a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE – instituição privada sem fins lucrativos – celebra 41 anos. 

A Fade-UFPE foi classificada em 2021 como a maior importadora do Norte-Nordeste, de acordo com o CNPq, sendo referência nacional, com gerenciamento de projetos de pesquisa, ensino e extensão para 7 instituições sendo elas:
– Universidade Federal de Pernambuco,
– Universidade Federal da Paraíba,
– Universidade Federal do Agreste de Pernambuco,
– Universidade Federal do Vale de São Francisco,
– Instituto Federal de Pernambuco,
– Instituto Federal do Sertão Pernambucano.
– Hospital das Clínicas – EBSERH

No último ano, 124 projetos  foram  aprovados na Fundação, com valor de mais de 263 milhões de reais, tal recurso possibilitou 9.822 bolsas para estudantes.

As palavras da Secretária Executiva, Professora Maira Pitta, evidenciam a importância do trabalho desenvolvido pela Fade ao longo dos anos: “Já são mais de 40 anos de comprometimento com pesquisa, ciência, tecnologia e inovação junto à nossa UFPE e demais apoiadas. Em 2021, foram mais de 120 projetos aprovados, com o dobro do investimento previsto comparado aos aprovados em 2019. A cada novo ano, a Fade-UFPE se empenha em gerar novas parcerias, projetos, inovações e trazer cada vez mais benefícios à sociedade.”

O gerenciamento de serviços da Fade-UFPE apresenta editais para incentivar o ensino, a pesquisa e extensão das instituições apoiadas, indica oportunidades de empregos, realiza recepção e visitas às empresas, participa de organizações de benchmarking com intuito de promover parcerias. Além disso, a Fundação também  acompanha a execução do plano de trabalho dos projetos, a finalização e se responsabiliza com a  prestação de contas e divulgação dos resultados para sociedade.

A Gerente Administrativa e Financeira, Suzan Siqueira, expressa a satisfação de trabalhar na Fundação:  “A Fade é uma instituição que encanta, quem já passou por aqui ou quem está aqui se apaixona pela Fundação. Uma das coisas que me encantam desde o começo quando vim trabalhar aqui, é o que ela pode trazer de benefício para sociedade, através da relação com a universidade, dos projetos. A gente vê que isso tem um reflexo na educação, no desenvolvimento, na inovação e isso encanta.”   

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.