Reunião do Conselho de Curadores da Fade-UFPE aprova relatório anual e elege como presidente a professora Magdala Novaes

Conselheiros também aprovaram por unanimidade a renovação do credenciamento da Fade como fundação de apoio da UFPE e Univasf

A Reunião Ordinária do Conselho de Curadores da Fade-UFPE reuniu na manhã da última sexta-feira (25), além do Conselho Curador, o secretário-executivo da Fade-UFPE, Prof. Artur Coutinho, os assessores e gerentes da Fundação. O encontro remoto, realizado através da plataforma Google Meet, teve como objetivo integrar os novos Conselheiros da Fundação (empossados em junho de 2020, durante cerimônia online) e deliberar a respeito do Relatório Anual, o Balanço Contábil e Patrimonial e o Parecer da Auditoria Independente de 2019. 

Com apresentações feitas e dúvidas esclarecidas, o Relatório Anual, o Balanço Contábil e o Parecer da Auditoria Independente do ano de 2019 foram aprovados por unanimidade. A renovação do credenciamento da Fade junto ao MEC/MCTIC como fundação de apoio da UFPE e da Univasf foi juntamente aprovada por todos os membros do Conselho. 

O secretário-executivo da Fundação, Prof. Artur Coutinho, comenta o saldo positivo da reunião e a importância dos Conselheiros para a Fade: “O Conselho de Curadores é o órgão máximo e fundamental para a governança da Fade-UFPE, deliberando sobre os principais pontos da relação entre universidade e fundação de apoio. Esta foi a primeira reunião do Conselho e se desenrolou de forma excelente, contando com uma notável participação ativa dos Conselheiros. Vislumbro um futuro, a partir desse debate, de muito avanço na atuação da Fade em conjunto com a Universidade.”

A professora Magdala Novaes, curadora representante do Centro de Ciências Médicas (CCM) da UFPE, foi eleita como a nova presidente do Conselho Curador. “É uma grande satisfação participar do Conselho Curador da Fade-UFPE. Trabalho com a Fade há muitos anos e observei a Fundação passar por diversos momentos. A Fade-UFPE está bem alinhada com ideias de transformação digital, modernização e um apoio cada vez mais firme à pesquisa, inovação, desenvolvimento e captação de projetos e, principalmente, na parceria público-privada. Buscamos fortalecer a Fundação como uma entidade que estará próxima aos pesquisadores na promoção da Universidade junto à sociedade, promovendo a transferência de conhecimento dos laboratórios para o dia a dia. A Fade é uma grande facilitadora Acredito que a nova gestão, liderada pelo Prof. Artur Coutinho, será transformadora”, afirmou.

Como deliberação final, os participantes optaram por reagendar a discussão acerca da Proposta de Alteração do Estatuto da Fade-UFPE, assegurando um melhor aproveitamento do tempo e qualidade do debate. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *