UFPE reforça movimento para mapear o Ecossistema.PE de inovação

A iniciativa, coordenada pelo Porto Digital, visa mapear atividades e gestores de inovação no Estado

Via Ascom UFPE

A UFPE se tornou membro da rede Ecossistema.PE, uma iniciativa coordenada pelo Porto Digital que visa o mapeamento das atividades e gestores de inovação no Estado, realizado pelos próprios atores dessas ações a fim de conhecer as empresas de tecnologia, startups, Instituições Científicas e Tecnológicas (ICTs), incubadoras, aceleradoras, agências de fomento, investidores, empresas juniores e diversos outros agente locais. A inclusão garante à Universidade, entre outros benefícios, a representatividade da sua instituição/rede no mapa de atores e contato direto para acesso a oportunidades diversas advindas da plataforma de fomento. 

Nesse sentido, a UFPE deverá se empenhar na divulgação e acompanhamento da plataforma Ecossistema.PE em sua rede e comunidade, além de indicação startups, ICTs e empresas de tecnologia da sua rede para matchs de negócios diversos, como matchday, programas de aceleração e outros. O cadastro para as empresas pode ser feito no link https://bit.ly/EcossistemaPE.

Segundo Shirley Cruz, coordenadora de Parcerias Estratégicas da Positiva – Diretoria de Inovação da UFPE, com a adesão, a Universidade se compromete a alimentar o Ecossistema.PE com informações sobre as ações de inovação que empreender, a exemplo de editais. “Quando formos promover uma ação que precisa envolver startups e empresa júnior, vamos pedir que esses atores se cadastrem na plataforma como requisito para concorrer”, adianta.

Para Arlindo Teixeira, gestor de Parcerias da Positiva, a medida vai proporcionar à UFPE estar junto a outras instituições importantes no setor da Inovação. “Ao fazermos parte dessa iniciativa, vamos garantir maior representatividade da instituição nesse mapa; vamos poder receber demandas científicas e tecnológicas do Porto Digital e da AD Diper, participar de editais de fomento à pesquisa e ampliar nossa rede de contatos”, afirma.

O gestor de projetos de Inovação do Porto Digital, Felipe Sabat, responsável pelo programa Desenvolve Aí, entende como importante a presença da UFPE nessa plataforma, “pois será uma vitrine do ecossistema de inovação no Estado, para promover conexões com o mercado como um todo”. Sabat destaca que essa adesão é uma “oportunidade única de aproximação dessa ponte que existe hoje, por exemplo, entre a indústria e os grupos de pesquisas, esses entes que desenvolvem pesquisa aplicada aqui na região”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *