Fade-UFPE, UFPE, UPE, UNIDO, SEMAS e SECTI promovem reunião de kick-off do projeto sobre Resíduos Sólidos

Na última quinta-feira (3), A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade-UFPE), a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Universidade de Pernambuco (UPE), a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO|ONU), a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco (SEMAS) e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pernambuco (SECTI) realizaram a reunião de kick-off, do projeto Addressing the energy, water, food and climate nexus through organic waste to energy solutions in the Metropolitan Region of Recife (Abordando o nexo água-energia-alimentos-clima através de resíduos orgânicos para soluções energéticas na Região Metropolitana do Recife). A parceria entre a Fundação, Instituições de Ciência e Tecnologia, Organização, Secretarias e Prefeituras tem o objetivo de fortalecer o plano de resíduos sólidos da Região Metropolitana do Recife.

A proposta coordenada pelo Prof. Dr. Fernando Jucá, do Departamento de Engenharia Civil e Ambiental da UFPE, visa elaborar a remediação do lixão de Céu Azul, em Camaragibe, e definir uma rota tecnológica envolvendo o aproveitamento da fração orgânica para o tratamento anaeróbico em biodigestores dos resíduos sólidos do Distrito de Fernando de Noronha.

Durante a reunião, o Dr. Clóvis Zapata, representante da UNIDO|ONU no Brasil, pontuou sobre a relevância do projeto para a sustentabilidade na Região Metropolitana do Recife, como em Fernando de Noronha. Ele destacou que essa será a primeira parceria de outras que virão, para atender um número ainda maior de cidades brasileiras. O Prof. Dr. Fernando Jucá fez um panorama das ações que vem desenvolvendo nas áreas relacionadas à parceria, assim como a Prof.ª Dr.ª Odete Mariano, do Departamento de Engenharia civil e Ambiental da UFPE, destacou os impactos sociais que o projeto trará.

Ainda pela UFPE, a Prof.ª Dr.ª Maria de Los Angeles Perez, do Departamento de Engenharia Química, mencionou a importância da utilização de biorreatores no âmbito das atividades que serão desenvolvidas. O Prof. Dr. Sérgio Perez, coordenador do Laboratório de Combustíveis e Energia da Universidade de Pernambuco (UPE), citou as experiências internacionais sobre o uso do biogás como fonte de energia, substituindo os combustíveis fósseis.

Para Arlindo Teixeira, Assessor de Inovação e Captação de Projetos da Fade-UFPE, o projeto além de contribuir com a sustentabilidade ambiental da Região Metropolitana do Recife, trará um novo horizonte para parcerias internacionais na área de resíduos sólidos e geração de energia.

O projeto conta com importantes presenças do Governo do Estado de Pernambuco e suas Secretarias Estaduais, como a Secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação (SECTI), Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEDUH), Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SEMAS), além da Prefeitura Municipal de Camaragibe e a Administração do Arquipélago de Fernando de Noronha.

Representando a Fade-UFPE, esteve presente Arlindo Teixeira, Assessor de Inovação e Captação de Projetos, David Pessoa, Supervisor de Projetos, e Deise Miranda, Assistente Administrativo. Pela SECTI, esteve presente Hugo Medeiros, Diretor de Estratégias e Ambiente Legal para Inovação. Pelo SEMAS, participou João Cumarú, Chefe de Gabinete do Secretário José Bertotti.

A UNIDO é um órgão ligado à ONU e visa promover o Desenvolvimento Industrial Sustentável e Inclusivo. Com sede em Viena, na Áustria, a UNIDO implementa projetos em diversos países, seguindo as diretrizes de: prosperidade compartilhada; desenvolvimento de competitividade; promoção à qualidade de vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.