Diretor da ANEEL e professores da UFPE se reúnem virtualmente para falar sobre ”Perspectivas Para Transição Energética”

A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade-UFPE), em parceria com o Instituto de Pesquisa em Petróleo e Energia (LITPEG-UFPE) e a Startup do Simulador Inteligente e Modelagem (SIM), realizou na última quarta-feira, 16, a live ”Perspectivas Para Transição Energética” transmitida no canal do Youtube SIM Energia. O encontro reuniu a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), representada pelo Dr. Sandoval Feitosa – Diretor da ANEEL e a comunidade acadêmica das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICT) apoiadas, representada pelos professores doutores Wanderli Leite (UFPE) e Emmanuel Dutra (UFPE), além do mediador Jean Baptiste (UFPE).

O tema central da live foi a troca experiências e perspectivas para a transição energética entre pesquisadores da academia e gestores de empresas públicas e privadas. A reunião foi comandada pelo Diretor da ANEEL, Sandoval Feitosa que, no durante a discussão, contou em detalhes como funcionou a transição energética na (ANEEL).

“Na medida que a transição energética ocorrer de forma completa, as tarifas vão reduzir.” afirmou Sandoval, que na sequência falou sobre pesquisas realizadas entre 2014 e 1019 acerca da redução média de consumidores de baixa renda em municípios que possuem energia eólica.

O diretor também pontuou o fato de que a ANEEL e o Governo Federal discutem constantemente sobre a crise da pandemia da Covid-19 que atingiu frontalmente todas as economias do mundo e que juntos vêm reajustando os custos das tarifas de energia. A implementação do regulamento de hibridização de energia é uma possibilidade analisada pela ANEEL, em desenvolvimento para transição energética.

“O consumidor pode vender energia que ele próprio gera e até receber recursos em pagamento para não usar em determinados horários.” afirmou Sandoval. Foi conduzido para os debatedores Wanderli Leite e Emmanuel Dutra realizarem as perguntas.

O professor Wanderli Leite (UFPE) questionou Sandoval sobre a existência de mão de obra qualificada no país para fornecer o suporte na transição energética. Nas palavras de Sandoval, “As usinas instaladas de geração de energia eólica tem 80% da cadeia nacionalizada, então já existe uma grande capacidade tecnológica e mão de obra de energia renovável, o desafio é encontrado na geração de energia solar.” Afirma o diretor da ANEEL.

Para assistir a live completa, acesse o link.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *