English English Français Français Deutsch Deutsch Português Português Español Español

Com o apoio da Fade, UFPE e Ministério Público do Trabalho em Pernambuco assinam 1° aditivo para continuidade das ações de enfrentamento ao novo Coronavírus

Empenhados em minimizar os impactos da pandemia de COVID-19, através da pesquisa e ação científica, estiveram reunidos na manhã da última sexta-feira, 19, na Sede do Ministério Público do Trabalho de Pernambuco o magnífico reitor da Universidade Federal de Pernambuco Alfredo Gomes, o Vice-Reitor Moacyr Araujo, a Secretária Executiva da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE Maira Galdino da Rocha Pitta e a Procuradora-Chefe do MPT-PE Ana Carolina Ribemboin na celebração do 1° aditivo para continuidade das ações de enfrentamento ao novo Coronavírus (por mais doze meses) com valor total estimado em R$ 2.241.830,00 (Dois milhões, duzentos e quarenta e um mil, oitocentos e trinta reais e trinta centavos).

Para Maira Pitta, Secretária Executiva da Fade, a parceria tem trazido inúmeros benefícios à ciência e à sociedade. “Os projetos que já foram beneficiados têm realizado um excelente trabalho no combate ao novo Coronavírus. Desde descobertas acerca do sequenciamento genômico do vírus até a criação de formas alternativas e mais em conta para auxiliar pacientes com dificuldade em respirar, por exemplo. Além disso, mais de 75 mil testes para detectar Covid-19 já foram realizados. O 1° aditivo permitirá dar continuidade as ações de enfrentamento da COVID19”, disse a Secretária.

Em caráter excepcional, devido ao período de pandemia, a Fade-UFPE não realizará a cobrança das Despesas Operacionais e Administrativas (DOA) referentes ao gerenciamento dos recursos adquiridos.

Alfredo Gomes, reitor da UFPE, comenta que as ações de enfrentamento ao Covid-19 realizadas pela UFPE fortaleceram as relações da sociedade com a academia, ademais, “a aplicação desses recursos, por meio da UFPE e da Fade, que têm credibilidade local e nacional, amplia uma rede produtiva que traz perspectivas de o Estado se fortalecer para enfrentar a pandemia. A sociedade tem muito a agradecer”, afirmou Alfredo.

A Procuradora-chefe do MPT em Pernambuco também comentou a celebração do 1° aditivo. Nas palavras dela, “é uma satisfação muito grande para o MPT poder contribuir no combate à pandemia e, mais do que isso, colaborar com a educação e a ciência”.


No vídeo é possível conferir a atuação dos subprojetos da Rede de apoio a assistência em saúde, diagnóstico da COVID-19 e produção de equipamentos de proteção individual  em Pernambuco: Subprojeto 1 – Diversidade genômica de cepas de SARS-Cov-2 isoladas de portadores da COVID-19 do Estado de Pernambuco, Brasil – Prof. Valdir Balbino; Subprojeto 2 – Diagnóstico da COVID-19 na Plataforma de Biologia Molecular do NUPIT-UFPE – Profa. Michelly Pereira; Subprojeto 3 – Fabricação de EPIs e EPCs por Tecnologia de Prototipagem Rápida para Proteção à Saúde em Caruaru-PE e Região – Prof. Lucas Garcia; Subprojeto 4 – Produção de Escudos Faciais – A Fabricação Digital no combate à COVID-19 – Prof. Sadi Seabra; Subprojeto 5 – Manufatura aditiva de válvulas de Venturi para emergência na ausência de ventiladores mecânicos e Splits tipo Briggs para utilização múltipla de ventiladores mecânicos – Prof. Petrus; Subprojeto 6 – Produção e Ensaio Pré-Clínico de Vacinas Candidatas Contra o Sars-Cov-2 – Prof. Antonio Carlos de Freitas e Subprojeto 7 – Caracterização da diversidade celular e resposta inflamatória durante a infecção pelo SARS-CoV-2 e sua correlação com a severidade desta infecção – Prof. José Luís.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *