Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE celebra 40 anos de atuação

A Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE – instituição privada sem fins lucrativos – celebra 40 anos na próxima terça-feira, 10 de agosto. Em comemoração à data histórica será realizada uma solenidade presencial (com convites individuais previamente enviados) no auditório do CCSA (UFPE) com representantes de todos os setores relacionados à Fade, às 16h, com transmissão ao vivo através do canal do youtube da UFPE. Na sexta-feira, 13,
também haverá uma comemoração na sede da Fundação com os colaboradores seguindo todas as orientações de segurança sanitária.

Com sua sede localizada no bairro da Várzea, Recife, a Fade-UFPE é uma referência nacional em gerenciamento de projetos de pesquisa, ensino e extensão e apoia atualmente 6 instituições de ensino superior: a Universidade Federal de Pernambuco, a Universidade Federal da Paraíba, a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco, a Universidade Federal do Vale de São Francisco, o Instituto Federal de Pernambuco e o Instituto Federal do Sertão Pernambucano. Só nos últimos 5 anos foram 330 projetos aprovados, com um total de 529 milhões de reais administrados pela fundação. O recurso disponibilizou mais de 450 bolsas anuais para estudantes, além de 722 projetos de importações.

Os primeiros 35 anos da Fundação foram direcionados totalmente ao apoio de projetos realizados pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Ancorado pela Lei 8.958/94 e pelo Decreto 7.423/2010, que permitem o apoio para outras fundações, foi iniciado em 2018 o gerenciamento de projetos também da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Em 2019, a Fade passou a apoiar a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e em 2020 o Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) e o Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE). A instituição de ensino superior mais recente (2021) a compor o rol de apoiadas pela Fundação é a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (UFAPE).

Nas palavras do reitor da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Alfredo Gomes: “Neste ano em que completa 40 anos, a Fade-UFPE se mostra cada vez mais importante para o desenvolvimento da nossa universidade, além de manter um conjunto de projetos tocados por outras instituições de Pernambuco e de outros estados brasileiros.”. Maira Pitta, Secretária Executiva da Fundação, agradece o empenho dos colaboradores e relata alguns dos desafios superados: “Estamos sempre buscando melhorar nossos serviços e ampliar nossa relação com a academia e com a sociedade de maneira geral. Hoje ocupamos uma importante posição no cenário nacional das fundações de apoio e temos orgulho de dizer que somos referência no Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil. Ao longo de sua trajetória, a Fundação passou por momentos difíceis, como, mudança de legislação e nos procedimentos, crises econômicas e sanitária, entre outros. Todos esses momentos foram superados graças ao empenho da nossa equipe que segue motivada na resolução de problemas ao longo dos anos.”.

O gerenciamento de serviços da Fade-UFPE identifica oportunidades de empregos, realiza recepção e visitas às empresas, busca e apresenta editais para incentivar a pesquisa, desenvolvimento e inovação e participa de organizações de benchmarking, para promover parcerias. Além disso, acompanha a elaboração do plano de trabalho de projetos, se responsabiliza pelos desdobramentos e finalizações e ao final de tudo apresenta os resultados para a sociedade e realiza prestação de contas.

“A Fade nunca parou de se atualizar e crescer, principalmente quando ajudou a fundar junto com outros membros o Conselho Nacional das Fundações de Ensino Superior – CONFIES, tornou-se uma das melhores fundações do Brasil. Eu fico muito feliz em trabalhar na Fade porque crescemos juntas, são 38 anos que estou participando dessa jornada”, relatou Geciguara Barreto, funcionária mais antiga em exercício da Fundação.

As fundações de apoio possuem um importante papel em dar suporte a projetos
de pesquisa, ensino, extensão e de desenvolvimento institucional, científico e tecnológico. A Fade-UFPE vem atuando na gestão de diversos projetos que têm dado suporte ao enfrentamento da Covid-19 no Estado de Pernambuco. Como exemplo, temos a realização de testes de diagnóstico pelo padrão ouro, a RT- PCR, na qual a UFPE é a segunda universidade do Brasil que realizou o maior número de testagem, atendendo 142 municípios do Estado de Pernambuco. Na produção de equipamentos de proteção individual (EPIs) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs), desenvolvimento de vacinas, sequenciamento do vírus, teleatendimento em saúde para a população em geral, construção de dois laboratórios de biossegurança nível 3, entre outros. A UFPE executou 100 mil testes que atendeu 142 municípios pernambucanos, foi a segunda universidade brasileira que mais realizou testes. Além de produzir equipamentos de proteção individual e proteção coletiva, o desenvolvimento de vacinas, o sequenciamento do vírus, o teleatendimento em saúde e a construção de dois laboratórios de biossegurança nível 3. Essas medidas reforçam a importância da fundação de apoio, necessárias para potencializar a cooperação entre a comunidade acadêmica com a base científica e tecnológica, para o desenvolvimento de projetos e ações que tragam benefícios à sociedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *