English English Français Français Deutsch Deutsch Português Português Español Español

Instituto de Pesquisa em Petróleo e Energia (Litpeg) comemora dois anos com evento virtual

Matéria: ASCOM UFPE

O Instituto de Pesquisa em Petróleo e Energia (Litpeg) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) completa dois anos este mês e realiza um evento on-line para celebrar a data na sexta-feira (12), às 15h, com transmissão pelo YouTube da UFPE. O instituto [que teve sua construção apoiada pela Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UFPE] busca integrar indústria e academia visando o desenvolvimento de novas tecnologias, fomento à inovação e formação de recursos humanos para diversas áreas da cadeia produtiva da indústria do petróleo, gás natural, biocombustíveis e energia renovável.

O encontro vai contar com abertura pelo reitor Alfredo Gomes; pronunciamento do coordenador do Litpeg, Paulo Lyra; e homenagens à técnica administrativa Gabriela de Aguiar Silva e à professora Andréa de Seixas. A solenidade também inclui a palestra intitulada “Pipelines e seus desafios tecnológicos”, que será proferida por Marcelino Guedes, diretor da Pipeline Brasil. Por fim, haverá uma confraternização virtual para comemorar a data.

O Litpeg é composto por um conjunto de 12 laboratórios integrados e instalados num complexo de três edificações, em uma área total de 13.299 metros quadrados. Esses laboratórios estão equipados com os mais modernos recursos nas áreas de análises químicas, análise de materiais geológicos, tecnologia de materiais para a indústria, biotecnologia, computação de alto desempenho, refino e petroquímica, formando um importante parque de equipamentos e instalações para seus pesquisadores.

Cerca de 450 profissionais – entre docentes, pesquisadores e técnicos – trabalham no Litpeg, com o apoio de pesquisadores visitantes e estudantes de pós-graduação e de graduação. O instituto representa uma proposta inovadora para a produção de conhecimento e tecnologia voltados para o setor de energia, cuja esfera de atuação e integração se estende a vários outros centros e grupos de pesquisa da UFPE. Saiba mais no vídeo produzido no lançamento. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *