Chamada pública de doação de recursos para o projeto “Tratamento Cirúrgico da Obesidade Severa em Pacientes SUS”

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, existem hoje no Brasil quase 6 milhões de pacientes com indicação de cirurgia bariátrica, dos quais 4,5 milhões são de pacientes do Sistema Único de Saúde – SUS. Hoje, o SUS realiza anualmente cerca de 12,5 mil cirurgias bariátricas, correspondendo a menos de 0,3% do que é demandado. A obesidade pode acarretar inúmeras comorbidades como hipertensão arterial, diabetes, problemas vasculares e respiratórios, câncer, aumento da mortalidade em decorrência da COVID, entre outros, e a perda de peso sustentável, determinada pela cirurgia pode salva vidas.

Com o objetivo de aumentar o acesso de pacientes com obesidade severa aos Hospitais terciários da rede SUS, aumentar o número de cirurgias realizadas na população SUS e viabilizar economicamente o tratamento cirúrgico da obesidade severa nos Hospitais da Rede SUS, a UFPE, com o apoio da Fade-UFPE está desenvolvendo o Projeto “Tratamento Cirúrgico da Obesidade Severa em Pacientes SUS“. Esta iniciativa visa essencialmente aumentar a proporção de cirurgias bariátricas em pacientes SUS, pretendendo realizar (em expectativa) pelo menos 300 cirurgias/ano.

O custo total do projeto é de aproximadamente 2,8 milhões. Este valor será utilizado para custear os procedimentos, diminuindo a enorme demanda por cirurgia bariátrica no SUS. Espera-se com isso aliviar os pacientes portadores de obesidade severa dos impactos das inúmeras comorbidades relacionadas à obesidade, e consequentemente diminuir a taxa de mortalidade.

O financiamento do projeto se dará inteiramente por meio de doações, que estão sendo arrecadadas pela Fade-UFPE. Poderão participar como doadores pessoas físicas, jurídicas, consórcios e grupos de empresas.

Inscrições para doação

Download do Edital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.