Secretária Executiva da Fade-UFPE participa de Encontro de Dirigentes das Fundações de Apoio

img_1407

A Secretária Executiva da Fade-UFPE e Presidente do CONFIES, Professora Suzana Montenegro, participou do IX Encontro Anual de Dirigentes de Fundações de Apoio às Instituições Públicas de Ensino Superior do Estado de Minas Gerais (FAIPES). Organizado pela Fundação de Apoio Universitário – FAU (Uberlândia) e Fundação de Ensino e Pesquisa de Uberaba – FUNEPU, o encontro foi realizado de 28 a 30 de setembro, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A Palestra de Abertura, Marco Legal da Inovação: vetos a Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016 e legislações complementares para aprimoramento da atuação das ICTs nas atividades de ciência, tecnologia e inovação, foi proferida pelo Prof. Fernando Peregrino, Vice-Presidente do CONFIES.

O principal objetivo do evento foi promover, por meio de palestras, painéis e debates, a ampliação do conhecimento técnico e prático, indispensáveis ao desenvolvimento institucional das fundações de apoio e discutir a relação entre as Instituições Públicas de Ensino Superior e Fundações de Apoio. Para a professora Suzana Montenegro, esse evento é de suma importância para integrar as fundações. “Destaco a importância dos fóruns regionais e do encontro Nacional das Fundações de Apoio. Esses encontros promovem a troca de experiências e ao mesmo tempo nos fortalece. No coletivo, somos muito mais fortes”, afirmou a Secretária Executiva.

A programação do Encontro considerou 3 eixos fundamentais para as atividades das fundações de apoio: Processos, Estratégias e Políticas. “Os eixos definidos nesse fórum regional estão perfeitamente alinhados com a forma de atuação do CONFIES, que assume o papel de agente de integração, tanto interna como externamente. No âmbito externo, o CONFIEs vem realizando diálogo e ações não só com as instituições de fomento, mas também com o Poder Executivo, Legislativo e Judiciário. Por meio dessas ações com o judiciário o CONFIES teve aceita a ação Amicus Curiae, em relação aos Cursos Lato Sensu, no Supremo Tribunal Federal. No âmbito do Executivo, o CONFIES tem acesso a ministérios para colocar os pleitos e, no Legislativo, buscamos as parcerias para a saída necessária nas mudanças de legislação, juntamente com um conjunto de instituições do sistema de Ciência, Tecnologia e Inovação”, disse a Professora Suzana.

Ao longo dos 3 dias foi possível debater sobre diversos assuntos de interesse das fundações de apoio, totalizando 14  apresentações. Relação das Fundações com os Procuradores das IFES, Gestão de Pessoas no Âmbito das Fundações, Novo Marco Regulatório do Terceiro Setor, A interação entre Fundação e Pesquisador por meio de tecnologias de gestão e Responsabilidade Civil dos Gestores (Seguro D & O) foram alguns dos temas abordados durante o Encontro.

Orgy