Laboratório O Imaginário recebe Menção Honrosa em premiação do Governo de Pernambuco

A ação “Laboratório O Imaginário: design a serviço da preservação”, em parceria com a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade-UFPE), conquistou Menção Honrosa na categoria Formação, do Prêmio Ayrton de Almeida Carvalho de Preservação do Patrimônio Cultural de Pernambuco. A iniciativa é uma promoção do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Cultura e da Fundarpe, em reconhecimento e como incentivo à participação social na preservação dos bens e expressões culturais materiais ou imateriais. Os projetos inscritos foram avaliados por uma Comissão de Análise de Mérito, tendo como critérios a valorização de iniciativas criadas pela sociedade civil que estimulam, preservam e ajudam a difundir os patrimônios culturais de Pernambuco, por meio de diferentes técnicas, instrumentos e metodologia. “ A Fade trabalha de forma articulada com o Laboratório Imaginário e essa premiação é um reconhecimento às ações sustentáveis promovidas pelo Imaginário. Ficamos orgulhosos em apoiar esse projeto. Reforçamos o nosso compromisso em continuar apoiando projetos que melhorem a vida da comunidade”, disse a secretária executiva da Fade, Professora Suzana Montenegro.

Dos 116 projetos inscritos apenas 03 projetos foram vencedores e outros 03 receberam Menção Honrosa. O imaginário é um laboratório da UFPE e tem como objetivo apoiar as comunidades artesãs e colaborar com a sustentabilidade do fazer artesanal como prática cultural. “ O Laboratório trabalha no tripé: ensino, pesquisa e extensão na área de design . A iniciativa além de focar na questão ambiental, cultural, econômica, industrial e artesanal, também utiliza o design a fim de garantir uma situação sustentável. A importância da Fade nesse processo é de viabilizar o seu gerenciamento. A fundação estreita a relação da universidade com a sociedade. Dessa forma, ela permite um olhar mais empreendedor ao laboratório permitindo que a pesquisa chegue a sociedade de forma mais eficiente”, afirmou a coordenadora do laboratório Imaginário, Ana Andrade.

A cerimônia de premiação acontecerá no dia 17 de agosto, Dia Nacional do Patrimônio Histórico, e como parte das comemorações da 9ª Semana do Patrimônio Cultural de Pernambuco.

Assessoria de Comunicação

Fade-UFPE

Orgy