Na última quarta-feira (6), uma nova reunião de representantes de fundações de apoio usuárias do Sistema de Administração e Gestão Integradas (SAGI) foi realizada. Desta vez, a fundação escolhida para sediar o encontro foi a FUNETEC, em João Pessoa, Paraíba. No último encontro, ocorrido nos dias 19 e 20 de abril, no auditório da Fade-UFPE, as fundações colocaram em pauta tanto pontos positivos quanto negativos do sistema, além de realizar trocas de experiências e dicas a fim de melhorar a prática de todos no que tange a utilização do mesmo.
A Fade-UFPE foi representada por Sidicley Dias (Núcleo UFPE), Paulo Guedes (Coordenador Executivo), Sâmia Sindeaux (Gerente de Finanças e do Núcleo Info), Rosali Albuquerque (Assessora de Planejamento) e Iraci Pereira (Gerente de Recursos Humanos)
O objetivo da reunião ocorrida no dia 06 foi dar continuidade às discussões sobre os problemas do SAGI que impactam diretamente no desenvolvimento das ações das fundações que o utilizam diariamente e dependem de seus serviços, considerando as propostas apresentadas pela Kernel – suporte do sistema – após a primeira reunião do grupo. Sendo assim, as que estiveram presentes (Fade-UFPE, FADURPE, Fundação ASTEF, FAPTO e FUNETEC) puderam avaliar as propostas de ajustes apresentadas pela empresa de suporte, estabelecendo o compromisso de manterem-se atuantes para que o sistema seja uma forte ferramenta no desenvolvimento de sua atuação.
Neste momento há um grande desafio que permeia a atuação das fundações, que é a adequação do SAGI às exigências da Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas, o eSocial. A Escrituração passa a vigorar em julho e consistirá em um árduo trabalho de parceria e engajamento entre fundações e empresas, mas sobretudo entre as próprias fundações.