Falecida no dia 16 de dezembro de 2012, prematuramente aos 58 anos e vítima de um AVC gravíssimo, Suely Lins Galdino era graduada em Ciências Farmacêuticas pela UFPB, mestre pela UFPE e obteve o título de Docteur d’Etat en Sciences Phamaceutiques pela Universidade Joseph-Fourier de Grenoble I. Professora titular do Departamento de Antibióticos do Centro de Ciências Biológicas da UFPE, ao longo de sua carreira como docente iniciada em 1980, por concurso público, exerceu com excelência suas atividades de pesquisa, atingindo o Nível de Pesquisadora 1A do CNPq, o mais alto nível nacional do programa de bolsa de produtividade do referido órgão.

Entre 1990 e 1992 retornou à Universidade Joseph-Fourier de Grenoble I, realizar programa de Pós-Doutorado. Como pesquisadora publicou 94 artigos completos em revista indexadas, internacionais e nacionais; 188 resumos em anais de congressos, 7 Livros, como autora principal ou colaboradora, orientou 31 Mestres, 21 Doutores, e supervisionou 4 programas de alunos de Pós-Doutoramento, como também, orientou um expressivo número de bolsistas de Iniciação Científica.

PARCERIA

A Fade-UFPE homenageia Suely por seu trabalho inovador e vanguardista na área da farmacologia moderna, além de sua distinta liderança em outros tantos projetos que influenciaram positivamente a sociedade. Galdino foi parceira da Fundação entre os anos de 2012 e 2014 e desenvolveu projetos de pesquisa contando com o apoio da Fade.

TRAJETÓRIA

Confira mais sobre a história de Galdino na matéria-homenagem publicada no site do Espaço Ciência pernambucano.

A foto utilizada no banner desta matéria foi retirada de uma publicação especial no Jornal do Commercio.