Evento discutiu sobre o futuro da indústria no Brasil e no mundo

Em sua 19ª edição, o Rio Oil & Gas, maior evento de petróleo e gás da América Latina, propõe o slogan “Transformando desafios em oportunidades”. A frase, que sintetiza o cenário de retomada da indústria, com a recuperação dos preços do petróleo e novos leilões previstos para 2018 e 2019, norteou os quatro dias de evento. Ao longo da conferência, cerca de 34.200 visitantes discutiram, ao lado de 540 expositores de 31 países diferentes, as perspectivas e caminhos para o futuro da indústria no Brasil e no mundo.

Abertura do Rio Oil & Gas 2018.

A Fade e a UFPE marcaram forte presença no evento. Sunamita da Costa apresentou a importância e competência da Coordenação de Articulação e Promoção de Parcerias Estratégicas (CAPPE-Positiva|UFPE) como estrutura organizacional que visa estabelecer cooperações entre a Universidade e as empresas. Ademais, ela também evidenciou a competência da UFPE nas áreas de CT&I voltadas para petróleo e gás.

Sunamita de Costa durante palestra no Rio Oil & Gas 2018.

Além dela, Danielle Anizia, gerente de projetos da Fade-UFPE, representou a Fundação e buscou adquirir novos conhecimentos na área de petróleo e gás. Anizia é colaboradora responsável pela relação da Fade com a Agência Nacional de Petróleo (ANP) e também com a Petrobras.

A Rio Oil & Gas Expo and Conference é promovida pelo Instituto Brasileiro de Petróleo (IBP) e realizada a cada dois anos no Centro de Convenções do Riocentro, no Rio de Janeiro. A proposta do evento é horizontal, buscando reunir toda a cadeia produtiva do setor de petróleo e gás a fim de alcançar um objetivo em comum: o crescimento e destaque da indústria brasileira.

Danielle Anizia, gerente de projetos da Fade, no Rio Oil & Gas 2018.

Para além da exposição, 4.177 congressistas fizeram parte do encontro oferecendo sessões técnicas e especiais. O formato multiplataforma do Rio Oil & Gas ainda garantiu que houvesse eventos paralelos com variadas temáticas transversais, como tecnologia, sustentabilidade, formação de novas lideranças, além de fóruns específicos sobre downstream, certificação e afins.

A magnitude do encontro demonstra a força que o país possui para se fortalecer no ramo industrial. Nesse âmbito, o Rio Oil & Gas se consolida como uma importantíssima ferramenta que alavanca o setor, por se tratar de uma oportunidade ímpar para os agentes envolvidos direta ou indiretamente apresentarem suas propostas, serviços e produtos, além de defenderem seus interesses.