Encontro Norte-Nordeste de Fundações Integra Instituições de Várias Regiões do País

Nos últimos dias 02 e 03 de junho, foi realizado em São Luís, Maranhão, o I Encontro Norte-Nordeste de Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e Pesquisa Científica e Tecnológica (ENNFAIES). O evento foi primeiro a integrar as duas regiões do país e abordou temas de constantes questionamentos na rotina de trabalho das fundações.

Participaram do Encontro os estados do Pará, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará, Pernambuco, Paraíba, Roraima, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Espírito Santo, Santa Catarina, além do Distrito Federal e o próprio Maranhão.

A atividade foi coordenada pelas Fundações Josué Montello e Sousândrade com o apoio do Conselho Nacional de Fundações (Confies), representado em São Luís pelo seu diretor, Mauro Fiúza. Segundo ele, o evento cumpriu um importante papel que foi o de discutir as dificuldades da região e fomentar as discussões que devem ser realizadas em âmbito nacional no encontro geral que acontecerá no final do ano em Brasília. “Tivemos excelentes debates com grande qualidade técnica e essas abordagens, certamente, construirão nos nossos próximos encontros uma agenda mais abrangente e com uma visão ainda mais ampla de todo o Brasil”, ressaltou.

De acordo com a coordenadora geral do ENNFAIES, Jesus Torres, o evento conseguiu integrar as fundações de apoio em busca de soluções comuns para os problemas enfrentados por todas e ainda contou com a participação de outras instituições que estão fora do eixo norte-nordeste mas que, como co-irmãs, contribuíram ricamente na busca desse entendimento, inclusive fornecendo experiências já exitosas. “Fundações de estados como Pernambuco (FADE) e Espírito Santo (FEST) disponibilizarão seu expertise em áreas de temas abordados em prol da padronização de procedimentos que foi o tema principal do encontro. Essa é uma construção importantíssima de parceria deixada pelo evento”, destaca Torres.

Durante os dois dias do evento foram abordados quatro temas: Bolsas; E-Social; Interpretação Técnica Geral (ITG); e o novo Decreto de Compras. Todos com grande participação nas discussões e que até ultrapassaram o espaço definido para as atividades. No final do debate sobre o Decreto de Compras, por exemplo, a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (FADE) disponibilizou um canal virtual onde os participantes de outras fundações poderão tirar mais dúvidas sobre o tema.

Para a superintendente da Fundação Josué Montello, Maria Ocirema Oliveira, realizar o Encontro foi um grande desafio, principalmente pela atual conjuntura vivida no país. “Optamos pelo debate de poucos temas, mas que são cruciais no dia-a-dia de todas a fundações de apoio, não só do Norte e Nordeste, mas de todo o país. Aliamos as discussões a um formato dinâmico e tivemos um grande resultado que foi uma participação significativa de profissionais diretamente envolvidos com essas questões”, afirmou Ocirema.

Momentos – A abertura do I ENNFAIES aconteceu na noite do dia 02 e contou com a presença do diretor-presidente da Fundação Josué Montello, Nan Souza, da superintendente da Fundação Sousândrade, Luciana Rocha Cordeiro, da diretora do Centro de Ciências da Saúde e reitora eleita da Universidade Federal do Maranhão (representando o atual reitor) e o diretor do Conselho Nacional de Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior (Confies), Mauro Santos Fiúza. Nos tom dos discursos, a necessidade de maior integração entre as fundações, universidades e sociedade para um fortalecimento e reconhecimento ainda maior do trabalho realizado.

A abertura foi abrilhantada ainda mais pela apresentação do grupo folclórico Boi de Morros, uma das principais agremiações de bumba-meu-boi do Maranhão que trouxe seu brilho, ritmo e sonoridade à festa.

No último dia do evento, o estado do Pará foi escolhido para sediar o II Encontro Norte-Nordeste de Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e Pesquisa Científica e Tecnológica (ENNFAIES), em 2016.

Pós-evento – A partir de todas as discussões realizadas nos dois dias de atividade, um documento final do evento será encaminhado ao Confies sugerindo a adoção de diversas medidas a serem tomadas no tratamento dos temas de forma uniformizada, pelas fundações de apoio em todo o Brasil.

FONTE: Projeto Olá Muito Prazer

Orgy