Em busca de uma melhor divulgação dos trabalhos arduamente desenvolvidos pelas 132 universidades e institutos de ciência e tecnologia espalhados pelo país, o Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies) deu início ontem, no dia 15 de março, à Rede TV Confies.  Inicialmente, quinze fundações de apoio, espalhadas por todas as regiões brasileiras, fazem parte do projeto, que consiste num serviço de TV OTT – Over the Top, ou seja, de difusão audiovisual pela internet.

A Rede TV CONFIES é uma rede de apoio ao desenvolvimento da inovação, uma vez que muitas tecnologias desenvolvidas nas universidades sequer são conhecidas de empresários, governos, agentes públicos e outros usuários e, portanto, nunca se transformarão em novos produtos e serviços. Para se ter uma ideia, são 22 mil projetos de pesquisa por ano geridos pelas fundações, os quais envolvem mais de 60 mil colaboradores e bolsistas e que, infelizmente, dificilmente encontram espaço na mídia.

Para a Profa. Suzana Montenegro, Secretária Executiva da Fade-UFPE e Vice-Presidente do Confies,  o projeto terá impactos positivos em todo o sistema de CT&I: “eu estou muito confiante com o sucesso desse novo projeto do Confies, a TV Confies. Acredito que isso representa uma nova perspectiva em termos de comunicação interna e externa, de divulgação de conteúdo e do que fazemos de fato nas fundações de apoio. A TV tem um papel fundamental no fortalecimento da atuação das fundações de apoio dentro do sistema nacional da ciência, da tecnologia e da inovação devido à tarefa de divulgar o importantíssimo trabalho feito diariamente por cada uma delas. Isso é bom para todo o sistema”.

O projeto conta com o apoio tecnológico do COPPE/UFRJ, desenvolvedor da Plataforma TVer. Segundo o pesquisador Sergio Duque Estrada do laboratório responsável, “a TVer OTT se propõe a organizar e distribuir por categoria os conteúdos que, atualmente, se encontram dispersos na Internet, reforçando uma tendência de crescimento mundial das Redes de TV por afinidades, facilitando o acesso do espectador que busca um Canal dessa natureza”.

A modalidade de TV OTT tem crescido exponencialmente no mundo inteiro, disputando com o mercado de TV aberta e por assinatura. Aqui no Brasil, um exemplo é a Netflix, serviço que distribui séries e filmes por demanda a uma clientela cada vez maior. A inserção das fundações de apoio nesse meio de disseminação de informações tende a ampliar e melhorar cada vez mais a imagem das mesmas e também do Confies perante o público, além de alcançar uma maior integração com os moldes atuais da comunicação e valorizar o trabalho árduo das fundações de apoio às universidades responsáveis por mais de 90% da pesquisa do país.

Confira a TV Confies na íntegra clicando no link a seguir: http://34.239.218.178/pages.

Fonte: http://m.jb.com.br/sociedade-aberta/noticias/2018/02/28/uma-rede-de-tv-de-apoio-a-inovacao/