Ontem, dia 02 de maio, na sede da Controladoria-Geral da União (CGU), aconteceu a reunião que tratou da ampliação do GT do Projeto de Autorregulação das Fundações de Apoio, criado no ano passado, e que resultou no Termo de Entendimento de 2017. Estiveram presentes na reunião representantes da CGU, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), do Ministério da Educação (MEC), da Associação Nacional dos Docentes das Instituições Federais de Ensino Superior (ANDIFES), do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) e do Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica (Confies).

Como representantes do Confies estavam presentes o presidente, profº Fernando Peregrino e a vice-presidente, profª Suzana Montenegro, também secretária executiva da Fundação de Apoio ao desenvolvimento da Universidade Federal de Pernambuco (Fade-UFPE).

Durante a reunião, foi posto em pauta o entendimento acerca do Decreto nº 9283/2018 que estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo, com vistas à capacitação tecnológica, ao alcance da autonomia tecnológica e ao desenvolvimento do sistema produtivo nacional e regional, além de pontos importantes como o credenciamento das fundações e a lei do SNDCT, que tem o objetivo de financiar a inovação e o desenvolvimento científico e tecnológico e promover o desenvolvimento econômico e social do País.

As entidades presentes consideraram a importância desse Fórum e o compromisso de apoiá-lo como solução para vários problemas de gestão de P&D. Reuniões periódicas serão realizadas ao longo do ano e uma pauta de temas será discutida pelos participantes do Fórum.